Oportunidades > Empreender, Oportunidades

Conheça 3 tecnologias que ajudam o produtor a economizar água

A água é um dos principais insumos da agricultura, e o estresse hídrico pode reduzir a rentabilidade da lavoura ou até provocar uma quebra de safra. A estiagem do último verão causou uma redução de 25 milhões de toneladas de grãos nos Estados da Região Sul e em Mato Grosso do Sul, segundo a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

Não falta água no território brasileiro, o País abriga grande parte do Aquífero Guarani, a maior reserva de água subterrânea do mundo, e conta com uma rede ampla de rios. As atividades agropecuárias são os principais consumidores dos recursos hídricos, demandando mais de 80% do consumo.

Apesar disso, quase metade da água é desperdiçada em sistemas inadequados e vazamentos das tubulações, causando prejuízos ambientais e econômicos para o agronegócio. Por isso, a gestão dos recursos hídricos nas propriedades rurais pode melhorar a eficiência da produção de alimentos e bioinsumos.

1. Monitoramento digital da água

A startup Agrosmart desenvolveu uma solução digital que monitora o uso da água dentro da lavoura, em tempo real, para proporcionar um uso racional. Uma inteligência artificial (IA), a partir de informações coletadas por sensores e imagens de satélites, decide quais são os momentos ideais para a irrigação.

A ferramenta permite reduzir em até 60% o consumo hídrico da propriedade rural. A empresa atende mais de 100 mil agricultores, com 48 milhões de hectares em nove países da América Latina, e o desenvolvimento do aplicativo conta com o apoio do Google Launchpad Accelerator e uma parceria com a National Aeronautics and Space Administration (NASA).

2. Irrigação por gotejamento

O desperdício de água pode ser enfrentado por meio da irrigação por gotejamento de forma inteligente. As startups Netafilm (Israel) e NaanDanjain (Índia) oferecem sistemas que permitem fornecer os recursos hídricos enriquecidos por fertilizantes diretamente nas raízes das plantas, de forma automatizada.

A economia de água pode chegar a 80% em culturas como hortaliças, cereais, cana-de-açúcar, café e culturas frutíferas, como laranja e uva. A ferramenta permite outros trabalhos simultâneos na superfície, como pulverização e colheita, como também reduz o aparecimento de fungos e de ervas daninhas.

3. Uso racional de herbicidas

A tecnologia aplicada na agricultura ajuda a economizar recursos hídricos. A partir de um mapeamento digital de ervas daninhas, a ferramenta xarvio® FIELD MANAGER ajudou a poupar 28,8 bilhões de litros de água que seriam diluídos nos defensivos agrícolas desde 2017. A ferramenta é utilizada em mais de 7 milhões de hectares em dez Estados brasileiros.

O sistema coleta imagens a partir de drones, que permitem identificar plantas invasoras para proporcionar um uso racional de insumos conforme a necessidade de cada talhão durante a dessecação antes da colheita. Isso permite que as máquinas agrícolas integradas com a ferramenta pulverize os herbicidas de forma localizada.

Fonte: Canal Agro