Oportunidades > Estudar, Oportunidades

Cartilha orienta sobre produtos biológicos que controlam pragas e doenças na agricultura

Num cenário de aumento da demanda mundial por alimentos, a produção agrícola tem se orientado pela mudança de um modelo convencional para um sustentável, que busca envolver mais tecnologias e conhecimentos no processo produtivo.

Para orientar produtores rurais na questão do controle biológico de pragas e doenças, pesquisadores da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da USP lançaram uma cartilha, disponível gratuitamente neste link.

Chamada Uma visão panorâmica do controle biológico na agricultura moderna, a publicação faz parte da Série Produtor Rural, material que tem como objetivo divulgar textos acessíveis aos produtores com temas diversificados e informações práticas.

Nesta edição, seis graduandos em Engenharia Agronômica e um professor do Departamento de Ciência do Solo, todos da Esalq, se debruçaram em estudos sobre o tema para originar a publicação que descreve as características de cada grupo de organismos utilizados como agentes biológicos de controle na agricultura atual, caracterizada por uma crescente exploração dos recursos de biocontrole no desenvolvimento de um processo mais eficiente e sustentável.

Eles explicam que o surgimento de uma agricultura mo­derna torna o sistema mais resiliente, com maior capacidade de suportar es­tresses bióticos e abióticos, o que reduz o impacto ne­gativo do homem no meio. Nesse processo, o uso de produtos biológicos destaca-se devido aos benefícios favoráveis no con­trole de pragas e doenças.

O objetivo é que o conhecimento chegue aos produtores, com destaque para o papel do engenheiro agrô­nomo na função de difundir essas tecnologias para o esta­belecimento de uma agricultura que seja produti­va e ao mesmo tempo sustentável.

Assinam a cartilha da Série Produtor Rural, que chega a sua 73ª edição, os pesquisadores Vítor Gazotto Cassiolato, Felipe Nogueira de Sá Marto, Livia Amaral, Cauê Carmona Groot, Laura Scovoli Soares Biston e Bianca Gonçalves Rodrigues, além do professor Fernando Dini Andreote.

A publicação está disponível para download no Portal de Livros Abertos da USP.

 

Fonte: Um só Planeta