Oportunidades > Oportunidades, Trabalhar

Agronegócio gera mais de 350 mil empregos formais em três anos

desempenho positivo do universo agro (agropecuária e agroindústria) entre 2019 e 2022, apesar das turbulências econômicas, foi muito superior ao de outros setores brasileiros.

Dados de um estudo do FGV Agro revelam que a forte e estrutural expansão e desenvolvimento do universo agro brasileiro tem reflexos claros sobre o mercado de trabalho do setor.

No Brasil, em 2019, o setor agro concentrava 13,62 milhões de pessoas ocupadas. Três anos depois, em 2022, o setor alcançou 13,96 milhões de postos de trabalho, ou seja, foram criadas 344,15 mil novas ocupações, uma expansão de 2,5%, superando o nível de pessoal ocupado antes da pandemia de covid-19.

A incorporação de profissionais formais qualificados e com remunerações mais elevadas é um dos aspectos importantes.

O setor também registrou uma forte substituição de trabalhadores informais por profissionais formalizados, com maiores direitos trabalhistas, maior estabilidade e melhores remunerações.

A expansão acumulada de 2,5% da população ocupada no universo agro, entre 2019 e 2022, decorreu do crescimento dos ocupados nos dois principais segmentos do setor: 2,8% na agropecuária e 2,1% na agroindústria.

Fonte: Canal Rural