E DEPOIS QUE A TEMPESTADE PASSAR?

Por: Maria Cristina Tupinambá Bertelli

Então chega o tempo em que somos forçados a nos reinventar, no trabalho, em nossa casa, no nosso bairro, no nosso estado, no nosso País e até no mundo. Começamos a reavaliar a frase aonde há crise há sempre oportunidades, sim e eu acredito que é verdade. Quais as oportunidades que teremos daqui pra frente? O que as pessoas darão mais valor a partir de agora? Vamos descobrir com o tempo.

Em tempos de Fake News, o outro Vírus que está atacando sem piedade, durante essa Pandemia, áudios são forjados, campanhas falsas são criadas, em nome de grandes empresas, notícias são plantadas com uma rapidez que nunca se viu antes e o caos e o pânico invadem nossos lares, famílias, grupos e trabalho. Em que momento pessoas inteligentes e instruídas perdem o bom senso e o discernimento e compartilham inescrupulosamente tudo o que chega na palma da sua mão, eis mais um vírus letal contaminando, mentes, corações, lares, empresas, etc.

É chegada a hora de mudar, de inovar, de ser criativo e de fazer o bem! O Futuro é incerto, ainda não enxergamos o horizonte, mas uma coisa é certa, todos estão revendo conceitos e valores. Os profissionais de saúde, a ciência e o Agro ganharam o merecido protagonismo enquanto, carros viagens e grifes não tem mais tanta importância, estamos em transformação.

Neste momento o Agronegócio Brasileiro ganhou seu merecido lugar no pódio, não vai faltar comida aqui no Brasil, diz a voz do agro, podemos continuar alimentando a nação e parte do mundo. A EMBRAPA (Empresa Nacional de Pesquisa Agropecuária) vai “emprestar” seus laboratórios e técnicos para fazer os exames, o Agro não vai só alimentar, mas também vai salvar vidas, olha aí o Agro, a Embrapa e o Governo juntos, se reinventando.

Essa é a verdadeira magia perante a crise, estamos mais solidários sim, pela primeira vez estamos todos lutando pela mesma causa e não mais uns contra os outros.

O oportunismo não tem mais vez, nem a falta de ética e muito menos a mentira, agora o que tem valor é o propósito, o ganha ganha, a parceria e quem não estiver pronto para levantar bandeiras nas quais acredita, lutar por boas causas, produzir com responsabilidade, cuidar das pessoas e do planeta, não vai conseguir ver o céu de brigadeiro depois que a tempestade passar.

 

Maria Cristina Tupinambá Bertelli
Diretora Executiva do Canal Terraviva do Grupo Bandeirantes de Comunicação
Vice Presidente do Núcleo Feminino do Agronegócio