A ÚNICA CONSTANTE É A MUDANÇA

Por: Daniel Guidolin

O ano começou bem e todos com esperanças para 2020, já que havíamos plantado e trabalhado duro no ano anterior. O cenário político e econômico estava mais claro.De repente, no meio do nada, começamos a ouvir falar de um vírus na China, de proporções nunca antes vista. Como todo bom brasileiro, acreditávamos que não chegaria até aqui ou que não nos afetaria de forma significativa.

Mas, o inesperado surgimento e a rápida disseminação do Coronavírus, agora chamado de COVID-19, chegou e despertou apreensão e alarme em todo mundo.
A decretação de pandemia ilustra bem a natureza dos problemas complexos da atualidade.
Agora estamos todos confinados e com medo deste “ser” microscópico, que não enxergamos e que não nos permite planejar para logo mais.

O momento atual é de muito achismo, muitas previsões e de pouca certeza.
Porém, nem as nossas indústrias e nem tão pouco os nossos guerreiros colaboradores, que atuam nas áreas de produção das fábricas, pararam de trabalhar para fornecemos a melhor nutrição que alimenta os rebanhos dos pecuaristas de todo Brasil. São esses pecuaristas que produzem o leite e a carne que alimentam a população brasileira e o mundo, já que somos responsáveis por ajudar a alimentar cerca de 1,6 bilhão de pessoas em todo o planeta terra.

Sabemos que tudo isso que estamos vivendo agora passará. Mas temos que tirar uma lição positiva dessa crise, pois ela nos colocou medo e provocou sensíveis transformações. Temos que dar, não somente o nosso melhor, mas ir além, pois nesse momento é importante a união e a ajuda aos mais necessitados.

Somos conscientes da nossa missão em ajudar nossos clientes a produzirem carne e leite saudáveis para a população, por isso, trabalhamos 365 dias por ano para garantir o correto abastecimento dos nossos produtos,

A ASBRAM – Associação Brasileira das Indústrias de Suplementos Minerais – não para e continua o seu trabalho. No último dia 23 de março, realizamos uma reunião on-line da qual participaram mais de 30 pessoas.
O economista e mestre da FGV, Felippe Cauê Serigatti, apresentou as estatísticas do nosso setor e as entregas de janeiro e fevereiro de 2020, onde tivemos um crescimento muito pequeno, de apenas 1,35 % (comparado às vendas do mesmo período em 2019). Na mesma reunião tivemos um bate-papo com o Sr. José Guimarães Monforte, que apresentou insights de como nós, empresários, podemos gerir nossos negócios em momentos de crise.

Teremos muito mais trabalho pela frente e o momento nos pede calma, paciência e a certeza de que tudo na vida passa. Portanto, é importante que todos obedeçam às recomendações do ministro da saúde e fiquem em suas casas. Depois dessa tormenta recuperaremos tudo o que perdemos e ainda saberemos apreciar muito mais o valor de um abraço amigo.
Acredito que tempos melhores e mais produtivos virão depois dessa crise gigantesca que estamos enfrentando.

 

Daniel Guidolin
Presidente da ASBRAM
Associação Brasileira das Indústrias de Suplementos Minerais