A INOVAÇÃO E REINVENÇÃO NOS FORTALECERÃO APÓS A CRISE

Por: Delair Bolis

Acredito que a sociedade nunca foi tão desafiada a pensar e agir rapidamente para proteger pessoas, os clientes e em alternativas para manter negócios como tem sido nas últimas semanas, quando começamos a lidar com essa grande mudança em nossas rotinas. De repente, o nosso dia a dia se transformou em uma escalada de sensações de insegurança, dúvidas, mas também de oportunidades para acessarmos potencialidades antes desconhecidas. Isso nos trouxe uma necessidade de maximizar nossa capacidade de resposta, mas principalmente em ter velocidade para tomarmos decisões em um cenário incerto. Passamos rapidamente de um cenário de excesso de planejamento e pouca execução, para esquecermos nosso plano estratégico e focarmos em experimentar, arriscar e assim reinventar nossas estratégias com um foco em proteger (funcionários, clientes, negócios), contra-atacar trazendo novos modelos de negócios e reinventar nossa maneira de pensar e atuar.

Vou utilizar como exemplo o nosso segmento de saúde e proteína animal, altamente focado nos pilares conhecimento, ciência e conectividade, e que tem vivenciado uma fase de desafios constantes, mas também de rápida capacidade de resposta, adaptação e inovação, o que tem refletido na continuidade do seu crescimento. Na MSD Saúde Animal, adaptamos o trabalho do escritório, fábricas e do campo para a atuação remota. Nossas reuniões passaram a não serem presenciais, e realizamos congressos digitais, webinars, Ted Talks, Pet Talks … não somente para nossa empresa e clientes, mas também para a sociedade. Fizemos tudo isso em quatro semanas, sem perder a qualidade da entrega, a paixão e o envolvimento dos nossos times.

Pode até ser que em breve a rotina volte ao normal, mas não sairemos dessa como entramos: tenho certeza que sairemos transformados e visualizando novos desafios de uma maneira diferente. Aprendi que ser líder em um momento de paz é fácil, mas, em um momento que desafia, como esse, pode nos trazer significativo crescimento. Afinal, bons marinheiros não se formam em mares calmos e uma ostra feliz não produz uma linda pérola.

Sou um constante otimista, e acredito que com determinação e foco em abraçar as oportunidades advindas das mudanças sairemos dessa mais fortes. O Brasil está preparado para os desafios do mercado que estão vindo e virão, pois temos pessoas capazes de fazer a real diferença. Esse é o momento de abrirmos os olhos e buscar a inovação. Com isso, começaremos a trilhar um caminho ainda mais promissor, rumo à evolução. Não tenho dúvida que a inovação já está sendo e será o grande gatilho da rápida recuperação que todos enfrentaremos pós-crise.

Diante disso, podemos ter certeza de alguns pontos: tudo isso irá passar e nos trará muitas oportunidades, entre elas, de evolução: ganharemos muitos aprendizados para a vida pessoal e profissional, e nosso sucesso vai depender de nossa capacidade em mantermos ativas e produtivas, todas as potencialidades desconhecidas que implementamos nesse período.

O digital e a inovação não são o fim e nem o começo, eles são o meio para levarmos valor aos nossos clientes e, principalmente, de estarmos presentes diante dele quando ele nem imagina que precisa da gente.

Tenha a certeza que o dia mais lindo sempre nasce do ventre de uma forte tempestade, mas não lute contra ela, mantenha a cabeça erguida e mantenha seu foco em:

  • Olhar além das circunstâncias do momento;
  • Reconhecer quais são os cenários mais plausíveis para trazer o resultado que você precisa para sobreviver;
  • Mas, principalmente, comece a tomar ações agora já assumindo que o mundo vai ser completamente diferente quando tudo isso passar.

Precisamos e seremos capazes de nos transformar diante dessa pandemia. Tenha em mente a importância da inovação e a vontade de fazer dar certo. Sairemos dessa muito menos analógicos, mais digitais, com menos ego e mais eco e, principalmente, muito mais humanos! Tenho certeza que após todo esse cenário, teremos um mundo muito melhor do que encontramos.

 

Delair Bolis
Presidente da MSD Saúde Animal para o Brasil, Paraguai, Uruguai e Bolívia
Presidente do Sindan – Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Saúde Animal.